Você está no prêmio:

Mais Admirados em Responsabilidade Social em Goiás 2019

Mais Admirados em Responsabilidade Social em Goiás 2019

materias

Incinera se destaca por seu pioneirismo, responsab

21/10/2019

Incinera se destaca por seu pioneirismo, responsabilidade ambiental e social

Para o sócio acionista Ronaldo Thibes, a empresa está sempre buscando soluções economicamente viáveis e ecologicamente corretas, que viabilizam um futuro e um país melhor


A Incinera Tratamento de Resíduos tornou-se, ao longo de seus 15 anos no mercado, referência nacional na área em que atua. Este ano, ganhou o prêmio de Os Mais Admirados da Responsabilidade Social, coroando a empresa como uma das mais importantes do Estado.

Capitaneada por Ronaldo Thibes e Fernando Carmo, a Incinera teve início em 2005 quando seu sócio fundador Fernando Carmo idealizou o projeto de tratamento de Resíduos de Serviço de Saúde, e até o ano de 2010, era uma empresa pautada, exclusivamente, no ramo de incineração - ou seja, a queima e o tratamento térmico de resíduos mais diversos. “Hoje, nós somos uma das poucas licenciadas para atender o mercado na parte de incineração de agrotóxicos, fármacos, químicos e suas embalagens, lâmpadas, tratamentos de resíduos especiais, resíduos industriais, dentre outros”, explica Ronaldo Thibes.

A partir de 2010, com o advento da lei 12.305, que pautava não apenas a incineração, mas tornando esta um dos alicerces de tratamento dos resíduos de forma ecológica, a empresa resolveu inovar e criar novas empresas: Ecofal Ambiental, Eco Reverse Ambiental e a BR Briquetes que, conjuntamente a Incinera fazem a parte da valoração do produto ao cliente. “Isto quer dizer que, tudo aquilo que em algum momento seria pago para ser incinerado, em um outro momento, se transforma em um outro produto e vai ao mercado consumidor, diminuindo assim, a parte de consumo de água, energia, além de uma redução significativa dos potenciais poluidores”, explica.

REALIZAÇÃO
Para Ronaldo Thibes, o Prêmio traz a certeza de que a empresa está caminhando da maneira correta. “Sempre buscamos desenvolver projetos pautados na ética profissional, ambiental e na conduta de gestão corporativa mais recomendada no mercado nacional e internacional. Sempre entendendo que um projeto tem que ter alguns alicerces: ser economicamente viável mas tambem ecologicamente correto, que é o principal”, reforça, Afinal de contas, dizia um químico muito conhecido, chamado Lavoisier, que “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

O sócio acionista Fernando Carmo da Incinera defende que a responsabilidade social vai muito além, quando se fala no quesito de atender a uma norma ou legislação, é uma obrigatoriedade. “A responsabilidade em si é quando a gente se coloca no lugar do próximo, do ponto de vista econômico, social e, ao mesmo tempo, avaliando e buscando reduzir os impactos das atividades ao meio ambiente no qual estamos inseridos”.

A Incinera busca transformar as incertezas do futuro no ambiente de reciclagem em coisas do passado. Sempre trazendo ao cliente, aos fornecedores e aos colaboradores, as melhores práticas nesse meio e apresentando para eles soluções economicamente viáveis que venham viabilizar um futuro e um País melhor, no ponto de vista ambiental e, ao mesmo tempo, social.

ATUALIZAÇÃO
O mundo viveu e vive uma série de evoluções e revoluções, em específico evoluções industriais, alguns especialistas afirmam que estamos na revolução tecnológica 4.0. Ronaldo defende que, por sua formação acadêmica (automação, química e ambiental), acredita nesta afirmação, mas com ressalvas. “Por outro lado, eu também vejo que a automação ou a inteligência artificial, que é o futuro do mundo, não é nada sem ter a parte humana por trás de todo software e para isso precisamos de mão de obra preparada e qualificada para estes novos desafios”, explica.

Assim, a expectativa da empresa é formar novos profissionais alicerçados no mesmo conceito que a empresa vem pregando ao longo desses 15 anos e, pelo menos, para os próximos 15 anos. “Entendemos que tudo na vida é alicerçado por pessoas. A busca contínua por entrosamento entre as equipes internas são nosso grande diferencial e desafio. Temos muito a aprender, muito a melhorar e temos um pouco também a ensinar. Hoje eu diria que nosso grande diferencial é a busca contínua para poder estruturar a empresa do ponto de vista operacional, e assim ter um diferencial no mercado, sempre em busca de melhorias contínuas aos nossos clientes e à comunidade a qual estamos inseridos ”, finaliza.

  • TAGS:
Comente através do seu Facebook