Você está no prêmio:

Os Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017

Os Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017

materias

24/05/2017

O melhor do Nordeste está no Bar do Piry

Com quase quatro décadas de história, estabelecimento preserva e enaltece a cultura e gastronomia nordestina em terras goianienses


Conhecido por preparar a melhor rabada de Goiás, o Bar do Piry recebe o reconhecimento no 6º Prêmio dos Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017 na categoria Boteco. Genuinamente nordestino, o estabelecimento se destaca pela qualidade e variedade oferecida no cardápio, desde 1978, pelo seu fundador Francisco Ramos Mendes e família. 

Em 1977, Francisco, conhecido carinhosamente pelos amigos e fregueses como Chico, e natural de Piripiri (PI), desembarcou em Goiânia após nove meses de hospedagem em São Paulo. Um ano depois, ele e seu irmão Luiz fundaram o Bar do Piry em homenagem à cidade de origem. 

O setor Jardim América acomodou as instalações do boteco desde sua criação. Com apenas uma mesa e um balcão, o bar dos irmãos de Piripiri atraiu a clientela pelo estômago com a preparação de língua, dobradinha, moela e tira gostos. Porém, já naquela época, a rabada tinha caído no gosto dos consumidores.

A simplicidade arquitetônica do início do bar fundamentou momentos de diversão entre Francisco e seus clientes. “A gente só tinha um banheiro e quando os fregueses lavavam as mãos molhavam os pés. Eles riam e falavam que aqui era tão bom porque além de comer bem,  ganhavam a lavada da mão e do pé de graça”, brinca. 

A excelência do serviço prestado fez com que o  bar crescesse e, após nove anos, em 1987, foi renovado em um espaço maior e moderno no Jardim América. Além de fidelizar, o estabelecimento conquistou novos clientes. Luiz atuou como sócio do bar por 32 anos, e, há 7, o filho de Francisco, que se formou em Economia e trabalhava em Brasília, Danillo Ramos Mendes, se tornou sócio. “Vislumbrei uma oportunidade e optei por voltar a trabalhar com minha família”, confidencia. 

Proprietários do Bar do Piry Danillo Ramos Mendes e Francisco Ramos MendesDe acordo com Francisco, a inserção do Danillo na administração foi positiva e permitiu que o bar perpetuasse e reforçasse o caráter nordestino. Agora, o cardápio é totalmente voltado para a culinária do Nordeste. O herdeiro foi responsável pela mudança e repaginação local. “Um negócio não perdura por 40 anos sendo o mesmo. É preciso mudar um pouco e acompanhar as tendências”, comenta Danillo. 

A valorização e mudança no cardápio contribuiu para o recente crescimento do estabelecimento. “Fiz as alterações de maneira tímida e deu certo. Estamos trazendo para cá o que comemos em casa, como o sarapatel. Nós trabalhamos nosso conceito e desejamos reforçar, cada vez mais, nossa cultura”. Para o sócio Danillo, o diferencial do Bar do Piry é a valorização da cozinha e, por isso, procura inserir novos pratos típicos no cardápio. Ele informa que está em processo de planejamento e que, em breve, haverá novidades para os fregueses. 

CONQUISTAS
A premiação no 6º Prêmio dos Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017 representa para os sócios o reconhecimento do esforço dedicado ao Bar do Piry e um estímulo para empregar ainda mais melhorias no estabelecimento. “Assim percebemos que estamos no caminho certo. Estamos felizes com a premiação”, comenta. 

Apesar de se destacar como um bar, são os cardápios de cozinha os maiores geradores de renda do Bar do Piry. “São nosso ponto forte”, defende Danillo. Desde que começou a participar da votação do Comida di Boteco 2017, o estabelecimento comercializou mais de 1100 petiscos.  Em 2016, o bar foi campeão de vendas da Bavaria Premium e vendeu 1700 petiscos.

CONCEITO
Se manter no mercado há quase 40 anos é privilégio de poucos. Além disso, o Bar do Piry transpõe gerações. “Tem pai que namorou aqui no bar, casou, teve filho e hoje o seu filho traz sua criança para cá. Nós temos cliente que são netos, né? Famílias que formaram famílias”. 

Para o piripiriense que deixou a terra natal para constituir família e empresa em Goiânia predomina o orgulho do que viveu. “Nós começamos pequenos, enfrentamos dificuldades e hoje colhemos o que plantamos. Nossa persistência e a entrada do Danillo valorizou o bar e a nossa história”, conclui Francisco. 


  • TAGS:
Comente através do seu Facebook