Você está no prêmio:

Os Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017

Os Mais Admirados da Gastronomia em Goiás 2017

materias

24/05/2017

QG Jeitinho Caseiro: paixão em servir bem desde 1979

Reconhecida pelo sabor inconfundível de seus pastéis e pelo toque caseiro de seus pratos, rede revela que o carinho e a seleção dos melhores ingredientes são o segredo do sucesso


Criada na capital de Goiás em 1979 por Paulo Roberto e Maria Cristina (Kiki), a Quitandinha Goiana foi o negócio que deu origem ao QG Jeitinho Caseiro, rede que se notabilizou pela forma singular de servir os seus clientes e que acaba de conquistar mais uma vez o prêmio Os Mais Admirados da Gastronomia em Goiás.

“São quase 40 anos servindo os nossos clientes da melhor forma possível. Meus pais criaram a quitandinha em um momento de dificuldades e receber esse prêmio hoje é uma conquista de toda a minha família e funcionários que nos acompanharam em todos esses anos”, comenta Guilherme Carvalho, filho dos criadores e presidente da marca.

Ainda de acordo com o empresário, o sucesso alcançado pela rede é fruto de muito trabalho feito com prazer. “Servimos comida de verdade no QG e estamos sempre em busca do melhor para os nossos clientes. Para você ter uma ideia, acrescentamos os pratos em nossos cardápios em 2003 e hoje esses produtos representam 52% do nosso faturamento”, revela o empresário.

A empresa, que conta com 29 unidades atualmente, foi premiada nas categorias Pastel e Fast Food. As unidades do QG Jeitinho Caseiro estão distribuídas pela região centro-oeste, com forte presença na cidade de Goiânia. Além disso, existem lojas em Palmas, no Tocantins, Taguatinga e Distrito Federal.

“O modelo de franquias foi adotado para acelerar o processo de expansão da marca. Foi a forma que encontramos para crescer de forma ordenada e com um custo de investimento bem menor”, explica Carvalho.

Começo
Em 1979, os pais de Guilherme Carvalho estavam desempregados e esperavam o primeiro dos quatro filhos quando decidiram apostar em um negócio próprio.

“Diante da situação em que se encontravam, meus pais adquiriram uma ‘quitandinha’. No início vendiam biscoitos, pães de queijo e outros produtos. Dois anos depois, com a inauguração do Shopping Flamboyant, eles decidiram abrir a segunda unidade. Por isso surgiu, em 1981, o QG”, revela o empresário.

Na hora de escolher o nome do estabelecimento, no entanto, os empresários contaram com a ajuda de um amigo próximo.

“O desejo deles era chamar o negócio de ‘Quitandinha Goiana’ no início. Porém, segundo esse mesmo amigo, o nome era muito grande. Por isso, eles uniram a primeira letra das palavras Quitandinha e Goiana, que deu origem ao nome QG”, revela.


  • TAGS:
Comente através do seu Facebook